Qualidade desde a colheita
até a mesa do consumidor

O Grupo Dallas tem orgulho em poder dizer que faz bem feito, pois seu controle de qualidade está presente
desde a colheita dos grãos em suas fazendas, na produção industrial nas suas fábricas hipermodernas
até a distribuição de alimentos para mercados do Brasil e do mundo.

Nas indústrias
tecnologia e precisão

As empresas do Grupo Dallas trabalham com grande escala de produção, baseada em tecnologia de ponta a ponta, que garante maior eficiência padrão de qualidade internacional em todos os produtos.

Qualidade desde a colheita
até a mesa do consumidor

O Grupo Dallas tem orgulho em poder dizer que faz bem feito, pois seu controle de qualidade está presente
desde a colheita dos grãos em suas fazendas, na produção industrial nas suas fábricas hipermodernas
até a distribuição de alimentos para mercados do Brasil e do mundo.

Nas indústrias
tecnologia e precisão

As empresas do Grupo Dallas trabalham com grande escala de produção, baseada em tecnologia de ponta a ponta, que garante maior eficiência padrão de qualidade internacional em todos os produtos.

Orgulho em fazer bem feito
Grupo Dallas

Origem
O Grupo Dallas iniciou sua atuação em 1983, quando empreendedores vindos do Rio Grande do Sul deram início a atividades agropecuárias do Mato Grosso do Sul. Com o passar dos anos, a forte atuação na pecuária e o sucesso no cultivo e comercialização de cereais, como soja, milho, trigo, sorgo, entre outros, impulsionaram o desenvolvimento dos negócios. Em 1996, foi inaugurado o parque industrial da Dallas Alimentos, para produção de massas, biscoitos e misturas para bolo, beneficiamento e industrialização de arroz, em Nova Alvorada do Sul.

A qualidade em todos os processos aliada à visão de mercado e à flexibilidade de inovar levaram o Grupo a produzir alimentos reconhecidos pelo seu sabor aprimorado. A indústria da Dallas Alimentos foi pioneira em segregar grãos de trigo e em utilizar somente gordura zero trans desde o início da industrialização de biscoitos. Essa receita conquistou a preferência de consumidores e ajudou a ampliar sua rede de distribuição para todo Centro-Oeste, Sudeste e Norte do Brasil.

Em 2013, o Grupo Dallas inaugurou uma indústria especializada na produção de massas de cortes curto e longo, na cidade de Cabreúva, interior de São Paulo. Finalmente, em 2015, adquiriu a Germani Alimentos, seu parque industrial de massas e biscoitos, em Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul, e suas marcas centenárias (Germani, Coroa e Corsetti), ampliando seu portfólio e seu atendimento para todo o Sul do país.

Atualmente, além da produção e comercialização de alimentos, a atuação do Grupo Dallas contempla diversas empresas envolvidas na agricultura, pecuária, transporte e logística, importação e exportação de grãos, entre outras atividades. São milhares de profissionais que trabalham de forma dinâmica e eficiente para bem servir o mercado e gerar desenvolvimento para as regiões onde o Grupo está presente.

Procedência e credibilidade
A grande e diversificada capacidade produtiva garante alimentos para todas as classes sociais e ocasiões de consumo com um exigente controle de qualidade, desde a colheita dos grãos até a sua produção. Além disso, na busca por aperfeiçoamento, o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento oferece a estrutura para inovar em produtos.

Todo este trabalho é feito com o objetivo de entregar ao consumidor uma experiência marcante de alimentação, capaz de conquistar seu paladar, em qualquer lugar do Brasil e do mundo. Assim, a sinergia operacional de ponta a ponta traz procedência e credibilidade aos produtos do Grupo Dallas no mercado e garante o desenvolvimento com excelência nos resultados.
 

Estrutura

A estrutura fabril do Grupo Dallas contabiliza três plantas industriais (em Nova Alvorada do Sul, Cabreúva e Santa Cruz do Sul). Estas unidades trabalham com modernas linhas de produção e empacotamento de massas cortadas e longas, biscoitos laminados, soltos, cobertos, recheados e wafers, misturas para bolo, farinhas, cereais, derivados de milho e da mandioca, além de beneficiamento e industrialização de arroz.

O complexo produtivo é composto ainda por dezessete silos metálicos para armazenagem e secagem de grãos, dois armazéns graneleiros com capacidade de estoque de até 103.000 toneladas/ano de grãos, uma unidade de beneficiamento e industrialização de arroz (com capacidade de 500t por dia), além de moinho (com capacidade de beneficiamento de 450 toneladas por dia), contabilizando mais de 60 mil m² de área construída. Esta base industrial é complementada com três centros de distribuição (em Campo Grande, Cuiabá e Goiânia), que ajudam na entrega dos alimentos de Norte a Sul do Brasil, além de diversos países no mundo.